ASHLEY ROBERTS

Aniversário: 14 de setembro de 1984
Signo: Virgem
Cidade Natal: Pheonix, AZ
Cabelos: Loiro escuro
Olhos: Castanhos

Ashley nasceu em Phoenix, AZ, e começou a dançar aos 3 anos e a cantar aos 9. Seu pai era um baterista que tocava no The Mamas & The Papas e que, depois, se tornou um negociante de carros usados; sua mãe era uma instrutora de pilates. Há quatro anos, recém saída do ginásio, Ashley se mudou para Los Angeles. Nos verões anteriores, ela já havia estado na costa oeste para estudar dança moderna. Mas, desta vez, ela estava em Los Angeles pra algo maior. E a partir daí ela fez um comercial atrás do outro e apareceu num vídeo da banda Counting Crows. E, em seis meses, ela se tornou uma Pussycat Doll. "Eu, honestamente, não sabia muito sobre elas, mas sabia que em matéria de dança elas eram maravilhosas" disse Roberts.
Observe que, quando Ash canta, sua voz é parecida com a de Marylin Monroe. Ela diz que seu tipo no grupo é o 'sexy mas inocente'. Roberts tem um espírito livre e divertido. "Acho que sou 'a loura' do grupo, mas isso não é natural", adiciona Ashley aos risos.

CARMIT BACHAR

Aniversário: 4 de setembro de 1974
Signo: Virgem
Cidade Natal: Los Angeles, CA
Cabelos: Loiro escuro
Olhos: Cinza-esverdeados

Carmit Bachar, a ruiva quente, é tão talentosa quanto é bonita. Sua mãe é de decendência Holando/Indonésia e seu pai é israelense. Ser uma nativa de Los Angeles e vir de uma família de artistas conduziu-lhe a trabalhar com alguns dos artistas mais bem sucedidos na música: No Doubt, Beyonce, P. Diddy, Macy Gray e Janet Jackson entre outros. Ela tem inúmeras participações em filmes e comerciais - seu "bon-bon" foi mais reconhecido através da garota do La Vida Loca de Ricky Martin! Carmit é uma das dançarinas e coreógrafas mais respeitadas da área. Para não se limitar a apenas um gênero, ela cursou a Hamilton Academia de Música, a fim de afinar sua voz com um piano. Era também um membro da equipe nacional de ginástica rítmica e foi quinta colocada no Olympic Trials de 92. Carmit se dá da corpo e alma nas Dolls desde que o grupo começou. "a personalidade individual faz este grupo ser ousado," diz, que é de onde seu apelido 'Foxy' vem. você tem que estar confortável em sua pele e esbanjar confiança." Nascina com o lábio leporino, o sucesso de Carmit deu-lhe o desejo de se voltar às crianças. Ela está fundando uma organização sem fins de lucro, Smile With Me (Sorria Comigo), para uma comunidade de crianças com o mesmo problema em Los Angeles. Carmit acredita na possibilidade ilimitada e superando seus próprios obstáculos, ela se sente obrigada a compartilhar a paixão e a criatividade onde quer que ela vá. Com sua ispiradora personalidade, poderosa presença e determinação, está compartilhando dessa luz com uma criança de cada vez. O entusiasmo, a movimentação e a disciplina desta Doll dão-lhe o momento para ser bem sucedida neste mundo corrido.

JESSICA SUTTA

Aniversário: 15 de maio 1984
Signo: Touro
Cidade Natal: Miami, FL
Cabelos: Castanhos
Olhos: Castanhos

Quando Jessica teve problemas com os dois joelhos quando ainda era adolescente, seu sonho de ser uma bailarina estava acabado. Mas, na verdade, seu sonho de ser dançarina estava apenas começando. Nascida e criada em Miami, essa garota de descendência russa-irlandesa foi para a New World School Of The Arts aos 14 anos para estudar dança. Após ser reprovada, ela se voltou para o teatro, mas disse a si mesma que voltaria a dançar. Ela foi dançarina do Miami Heat e foi nomeada capitã das dançarinas no final do ano de 2001. Como atriz ela fez uma participação como uma adolescente gótica na série dramática Ocean Ave que se passava no sul da Florida, tinha um público desde a Suécia até a Africa do Sul, e no filme Bully, dirigido por Larry Clark. Em 2002, mudou-se para Los Angeles e 3 meses depois conheceu Antin. "Ela é um doce, sempre positiva", diz Antin, "mas no palco ela se transforma". Com sua pele clara e cabelos escuros, Sutta lembra a pin-up Betty Page. Sobre ter se juntado as Pussycat Dolls ela diz: "Este é o lugar onde eu sempre quis estar. Eu achava as Pussycat Dolls geniais. E eu sou abençoada por poder fazer parte de grupo."

KIMBERLY WYATT

Aniversário: 4 de fevereiro de 1982
Signo: Aquário
Cidade Natal: Warrensburg, MO
Cabelos: Loiro platinado
Olhos: Azuis

Uma menina caseira e sulista, Kimberly Wyatt também é, segundo Antin, "a dançarina mais sexy que ela já viu na vida". Kim diz "eu sou muito mais tímida que a maioria das meninas, mas minha personalidade no palco é total. Eu realmente me dedico". Nascida em Warrensburg, MO, numa pequena fazenda perto de Ozarks, seu pai é um caminhoneiro e sua mãe o acompanha na estrada. Kimberly dança desde os 7 anos e, quando fez 14, ela ganhou uma bolsa para estudar em Nova York todos os verões na escola Joffrey Ballet para a Broadway Dance Center. Formando-se aos 17, ela se mudou para Las Vegas para um teste para shows num cruzeiro de navio e em cassinos. Chegando na Royal Caribbean's Explorer of the Seas, o então maior cruzeiro de navio do mundo, ela pôde conhecer a maior parte do sul da Europa. Em 2001 ela se mudou para Los Angeles, apesar do convite que recebeu do Hubbard St. Dance Co. em Chicago. "Tudo que eu sabia era que em Los Angeles é onde bons dançarinos ganham bons empregos. Meus pais pensaram, 'Meu Deus, no que ela vai se tornar?'" disse Kimberly. Em 2003 Antin coreografava um vídeo da carreira solo de Nick Lachey quando conheceu Kim. Antin pediu a ela naquela noite para se juntar ao The Pussycat Dolls. "Eu só havia visto um pôster delas," lembra-se Wyatt, "me lembro de ter me apaixonado pelas meninas. Não são muitos grupos conseguem ser sexy e continuar influênciando o poder feminino". "Uma pequena cidade no meio da América é diferente de uma cidade da costa," diz ela, "e todas as outras garotas vêm de grandes cidades. Eu tenho uma perspectiva diferente. Elas adoram minhas histórias de cidades onde as roupas mais caras são vendidas no Wal-Mart".

MELODY THORNTON

Aniversário: 28 de setembro de 1984
Signo: Libra
Cidade Natal: Pheonix, AZ
Cabelos: Castanhos
Olhos: Castanhos

Melody Thornton era uma estrela adolescente levantando-se em sua cidade natal Phoenix, cantando backing vocals para artistas locais e fazendo performances no Anthem Nacional para os Diamondbacks do Arizona quando ainda estava no colegial. Sua avó materna, mexicana, já havia cantando em bandas do Mariachi; seu avô paterno, afro-americano, foi guitarrista de Blues e sua mãe era uma dançarina de um dança do folclore mexicano. Sendo a única latina e afro-americana das Pussycat Dolls significa muito para ela. "Acho que muito do sucesso do grupo está relacionado a mim," diz, "e isso se reflete nas outras do grupo." A primeira vez que viu que as Pussycat Dolls foi MTV Diary da Christina Aguilera. "Eu amei o conceito." Gravou o programa e assistiu várias vezes. Vê-la tantas vezes valeu a pena. Melody entrou no grupo em dezembro 2003.

NICOLE SCHERZINGER

Aniversário: 29 de junho de 1978
Signo: Câncer
Cidade Natal: Louisville, KY
Cabelos: Castanhos
Olhos: Castanhos

Nicole Scherzinger é o que a indústria do entretenimento chama de "3 em 1". Essa artista de espírito livre não é apenas mais um rosto bonito; ela canta, atua e dança. Em um negócio que é criticado por dar mais ênfase na "imagem" do que na "habilidade", ela quebra os estereótipos com sua beleza exótica, carisma e inegável talento. Scherzinger, que tem descendência havaiana-russa-filipina, já sabia desde pequena que seu destino era entrar para o showbizz; estava no seu sangue. Nascida em Honolulu no Havaí, ainda criança ela assistia sua família fazendo shows polinésios com sua mãe como dançarina de hula e sua avó, Tutu, cantando. Aos 6 anos de idade, sua família se mudou para Louisville, Kentucky.Deixar a vida na ilha foi uma grande mudança para Nicole. "Foi muito difícil no começo porque eu não era como os outros", ela lembra, dizendo que se sentia um patinho feio na época. Enquanto crescia, Nicole estudou artes no primário e no ginásio. Aos 14 anos sua primeira apresentação profissional foi no famoso Actors Theatre of Louisville. Ela entrou na Wright State University em Daytona (Ohio), e se formou em teatro, e também em dança, ganhando alguns papéis como o de Velma Kelly em "Chicago" e Julie Laverne em "Show Boat". Ela também se sustentava fazendo trabalhos como modelo. Nicole então soube que a banda de rock Days Of The New estava procurando por uma vocalista feminina. Depois de ouvir as demos que ela gravou com o cantor Travis Meeks, o produtor da banda Scott Litt chamou ela para ir a Los Angeles, onde ela gravou seu segundo álbum e saiu em turnê com a banda. Depois da turnê ela voltou pra casa pra trabalhar com sua própria música. As audições para o concurso Popstars da WB, fez ela ir até Chicago e enfrentar uma fila de concorrentes as 5 da manhã. A Eden´s Crush, banda de garotas que resultou do concurso Popstars foi uma sensação. O álbum de estréia das garotas no ano de 2001 entrou para o Top 10 e o single "Get Over Yourself" foi primeiro lugar na Bilbboard. Nesse mesmo ano o grupo abriu turnês para o N´Sync e para Jessica Simpson. Depois da Eden´s Crush, Nicole tentou a sorte no mundo da atuação. De volta a Los Angeles ela participou de alguns filmes como "Chasing Papi" e co-estreou algumas séries de TV como My Wife And Kids. Não demorou muito para que ela soubesse que as Pussycat Dolls estavam procurando por cantoras. "As Pussycat Dolls não tem fronteiras", diz Nicole. Ela também escreveu algumas músicas para o álbum de estréia. "Nós continuamos a nos encontrar em cada performance que fazemos. Isso é muito verdadeira pra cada uma de nós". Enquanto é óbvio que Nicole tem tudo que é necessário para seguir a carreira artística, é a sua paixão poe se expressar musicalmente que intriga e inspira sua crescente legião de fãs.

A BANDA

Por dentro de toda mulher há uma Pussycat Doll", disse Roben Antin, o inovador que levantou o grupo de cantoras e dançarinas a uma gravadora maior e HOT. "É sobre o poder feminino, sobre confiar em quem você é. É sobre você cantar e dançar na frente de um espelho e se divertir bastante."

Com o seu cd de estréia, PCD, para ser lançado pela A&M Records no dia 13 de setembro de 2005 (conduzido pelo primeiro single "Don't Cha",um dueto com o Busta Rhymes e produzido pelo Cee-Lo), as meninas do Pussycat Dolls vão além de serem extraordinariamente bonitas. Com tremendas vozes e depois de terem trabalho com os maiores compositores e produtores hoje em dia (incluíndo Will.I.Am do Black Eyed Peas, Timbaland, Rich Harrison, Sean Garrett e Ron Fair),as Pussycat Dolls estão prontas para carimbar a sua marca e atitude na música.

"Para mim, uma Pussycat Doll é audacioso mas também é vulnerável", diz a cantora principal Nicole Scherzinger "Nós somos fortes, mas gostamos de jogar também. Um verso em ‘Don’t Cha’-‘don’t cha wish your girlfriend was hot like me’- pode ser interpretado como algo "dando o poder" As Pussycat Dolls não são apenas sobre ser "sensual" e "quente" mas também são sobre dizer algo que realmente tem sentido".

Da tripla-ameaça de Scherzinger, de Jessica Sutta, uma vez capitã do grupo de dança Miami Heat; para Carmit Bachar, a garota da turnê mundial "La Vida Loca" de Ricky Martin, a Ashley Roberts e Kimberly Wyatt, duas das mais talentosas dançarinas de Hollywood, e Melody Thornton, uma jovem influente cantora, essas Pussycat Dolls representam o próximo passo para o grupo no qual transformou as suas perfomances em Sunset Strip nos ingressos mais vendidos em Hollywood.

As Pussycat Dolls nasceram num pequeno estúdio de dança em L.A., garagem da atriz Christina Applegate, com quem Antion era companheira de quarto no início dos anos 90. Antion apareceu em comerciais e fez coreografia para videoclipes do tipo de Smash Mouth, The Offspring e No Doubt. "Mas eu queria fazer algo criativo e diferente" disse ela.

Então, Antin convidou algumas de suas amigas que também eram dançarinas de turnês e videoclipes e começaram a ensaiar suas próprias coreografias, um estilo dotado com espírito do famoso coreógrafo Bob Fosse ("Sweet Charity,"Cabaret") e também o estilo de Led Zeppelin para o punk rock, Siouxsies e The Banshees a Bjork, e criaram moda também. Entretanto, Applegate sugeriu que elas se apresentassem no Sunset Strip no renomado Viper Room. O dono, Johnny Deep viu o ensaio e segundo informações disse, "Foi pra isso que abri o meu clube". As Pussycat Dolls, que viram muitos membros envolvidos passarem em seu desenvolvimento, desde o lançamento em 1995, se tornaram as artistas de abertura nas quintas-feiras pelos próximos seis anos.

Tudo mudou em 2000, quando a vocalista do No Doubt, Gwen Stefani, foi ao show e disse que adoraria fazer uma participação, mas não apenas para dançar, mas para cantar também. Christina Aguilera então fez o mesmo. Em 2002, era hora de levar o show para um lugar maior. Então as Pussycat Dolls se mudaram para o The Roxy. Dois shows por semana durante sete semanas. Logo, o lugar estava esgotado. Outras participações especiais, como de Brittany Murphy, Charlize Theron, Nikka Costa, Paris Hilton e Pamela Anderson. Todas elas aparecerem sem pagamento, somente para se divertir, incluíndo a mestre das cerimônias, Christina Applegate.

Naquele mesmo ano, Antion juntou forças com Jimmy Iovine, Chairman, Interscope Geffen A&M, quem apresentou o Presidente da A&M Ron Fair ao executivo de produção do projeto e ajudou a levar o conceito a um alto nível.

Sua “We Went As Far As We Felt Like Going” foi ouvida em Shark Tale em 2004, seu cover de “Sway” (encabeçado por Fair, também produzido por Aguilera e Black Eyed Peas, dentre outros) foi ouvida em "Shall We Dance?" em 2004. As Pussycat Dolls também foram vistas no vídeo Charlie’s Angels: Full Throttle e "Trouble" da Pink em 2003 assim como em "Be Cool" de 2005. Scherzinger participou de “If U Can’t Dance (Slide)” com Will Smith em seu álbum "Lost And Found" de 2005.

Hoje. há uma linha de maquiagem da Stila das Pussycat Dolls e o "Pussycat Dolls Lounge" inaugurado em abril de 2005 dentro do Palacio de Caesar em Las Vegas, com uma diversificada lista de artistas. No futuro deve haver uma linha de roupas, lingerie, perfume, videogames, TV e projetos de filmes e outros.